Alunos do Campus Novo Paraíso participam do projeto Jovem Técnico Agroecológico

por Edjane Matias publicado 12/08/2015 00h00, última modificação 14/08/2015 11h29
O projeto foi lançado no dia de realização da Gincana do Estudante e conta com a participação de 25 alunos do Novo Paraíso.

Nesta quarta-feira, 12 de agosto, dando início as atividades da Gincana em comemoração do Dia do Estudante, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – IFRR / Campus Novo Paraíso, foi realizado o lançamento oficial do programa Jovem Técnico Agroecológico, realizado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável Socioagroambiental – ADLIS em Roraima, pelo Edital 2014 do programa Oi Novos Brasis, em parceria com o Oi Futuro, instituto de responsabilidade social da Oi.

O projeto faz parte dos 22 selecionados pela décima edição do programa Oi Novos Brasis, que objetiva garantir a implantação e execução do Jovem Técnico Agroecológico durante o período de dois anos. Participam do projeto, que é o primeiro a ser executado em Roraima, 25 estudantes do Câmpus Novo Paraíso.

O objetivo do projeto é capacitar jovens que residem nas comunidades rurais localizadas no Território da Cidadania Sul de Roraima e as aulas terão como foco práticas agroecológicas de produção rural e buscam atender estudantes de escolas públicas dos municípios de Caracaraí, Caroebe, Rorainópolis, São João da Baliza e São Luiz do Anauá.

De acordo com o relações institucionais da Oi, Marcos Andrade, o curso de capacitação agroecológica é o único na região e a expectativa é a de que ele seja replicado para outras comunidades rurais do Estado. Segundo ele, a iniciativa é uma oportunidade para os jovens filhos de pequenos e médios produtores da agricultura familiar, do sul de Roraima. É uma alternativa à agricultura convencional, responsável pela maior parte da produção de alimentos em todo o país, além de contribuir para a redução do êxodo rural dos jovens para a capital, visando o desenvolvimento das áreas rurais e a melhoria da qualidade de vida.

Para o Coordenador Geral da ADLIS em Roraima, Adriano Alves de Souza, o projeto vai ajudar a difundir a agroecologia em Roraima, começando pela escola. A coordenadora do Jovem Técnico Agroecológico na ADLIS, Jane Brito Coutinho, a expectativa é a de que com o projeto os alunos possam permanecer na região atuando como técnicos e extensionistas rurais. “A ADLIS tem total interesse em replicar o projeto também para a região do Amajari com comunidades indígenas, onde funciona o Campus Avançado do IFRR e com os agricultores familiares do Campus Avançado de Bonfim. Também pretendemos articular emendas parlamentares para captar recursos de outras entidades, assim como fez o Oi Futuro, para que possamos ampliar o projeto e disponibilizar mais vagas na região”, comentou Jane Brito.

O Diretor Geral do Campus Novo Paraíso, Eliezér Nunes Silva, afirmou que o projeto representa a valorização e o reconhecimento dos alunos que estudam no Campus Novo Paraíso. “Enxergamos que o projeto na dimensão agroecológica tem como objetivo envolver pessoas que irão contribuir para um desenvolvimento sustentável na região Sul de Roraima”, ressaltou.

« Agosto 2017 »
month-8
Se Te Qu Qu Se Sa Do
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
  

Guia de Recolhimento da União