IF Comunidade e Dia da Consciência Negra integram programação alusiva aos 12 anos do CNP

por Edjane Matias publicado 20/11/2019 18h40, última modificação 05/12/2019 09h00
Este ano o IF Comunidade contou com oficinas, palestra, roda de conversa com os egressos e apresentação do Napne e da Coaes

O IF Comunidade do Campus Novo Novo Paraíso do Instituto Federal de Roraima (CNP/IFRR) ocorre anualmente com a finalidade de divulgar as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas no campus.

Este ano o evento, realizado dentro da programação de 12 anos do CNP, contou com quatro atividades: oficinas; palestra “Você é seu melhor projeto!”; roda de conversa com os egressos do CNP; e painel de apresentação do Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (Napne) e da Coordenação de Assistência ao Estudante (Coaes).

As oficinas trataram de “Desafios da ovinocultura em Roraima”, com o professor Marconi Santana (CNP); “Oratória e técnicas para falar em público”, com o professor Carlos Matos (CNP); “Paisagens de Roraima e Geotecnologias”, com o professor Silas Nascimento (CNP); “Inglês Instrumental” e “Marketing Pessoal”, com o professor Paulo Alvarenga (CNP); “Na trilha do conhecimento de identificação de crustáceos decápodes”, com a professora Francinéia Zanetti da Costa, da Secretaria Estadual de Educação (Seed), e Maria Aparecida Laurindo dos Santos; e “Campus Novo Paraíso observa as diversidades”, com Diana Valentina Echenique Hernandez, Ricardo Rodrigues Aguiar, Livaldo Marcelino, Franciscarlos e Done Karapia.

De acordo com o organizador do evento, professor Eliaquim Timóteo, a intenção foi aproveitar a comunidade interna e externa presente à programação dos 12 anos do Campus Novo Paraíso para promover uma integração e socialização entre todos. 

Consciência Negra – Aproveitando a programação dos 12 anos do Campus Novo Paraíso, também foi lembrado o Dia da Consciência Negra. Os alunos da unidade fizeram a exposição de trabalhos como banners, pinturas e comidas típicas da culinária africana difundidas pelo Brasil, como o vatapá.  

 

Alunos da turma 841 apresentaram, na V Mostra Pedagógica de Pesquisa, Ensino, Extensão e Cultura, um projeto destacando que, independentemente da cor e da raça, todas as pessoas são iguais.

Texto: Edjane Matias
CCS/Campus Novo Paraíso
20/11/19
« Dezembro 2019 »
month-12
Do Se Te Qu Qu Se Sa
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
  

Guia de Recolhimento da União