Em parceria com IFRR-CNP, Exército promove Ação Cívico Social e deflagra 11ª edição da Operação Ágata

por Márcio Mota publicado 14/06/2016 13h40, última modificação 14/06/2016 16h21
O Exército Brasileiro, representado pelo 1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel), sediado em Manaus/AM, em parceria com o Instituto de Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), campus Novo Paraíso, realizam nesta segunda, terça e quarta-feira (13, 14, 15 de junho), atendimento médico e odontológico ao quadro de funcionários, alunos e familiares, por meio da ação cívico social – Mão Amiga.

O Exército Brasileiro, representado pelo 1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel), sediado em Manaus/AM, em parceria com o Instituto de Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), campus Novo Paraíso, realizam nesta segunda, terça e quarta-feira (13, 14, 15 de junho), atendimento médico e odontológico ao quadro de funcionários, alunos e familiares, por meio da ação cívico social – Mão Amiga.

No município de Rorainópolis ocorrerá a operação Zika Zero, a fim de combater o mosquito Aedes aegypti, devido ao crescente aumento de casos de dengue, febre Chikungunya e de Microcefalia pela infecção por Zika Vírus, o objetivo da ação é contribuir com a operação de combate, que ocorre em todo território nacional.

Durante o período, o Exército também deflagra ´11ª Operação Ágata`, junto ao Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), cuja finalidade será reprimir crimes transfronteiriços e crimes ambientais na região Sul do Estado. Segundo o Coronel Alexandre Passos, a presença do Estado Brasileiro junto à faixa de fronteira será intensificada. “Ambas atividades vão ao encontro dos anseios da população. O Exército está sempre onde há demandas da sociedade, demostrando seu papel com ações cívico sociais e de combate aos crimes”, destacou o comandante do batalhão.

Para a Diretora Geral em exercício, Vanessa Rufino, a parceria com exército não se resume ao nível de atendimento à saúde, mas o desenvolvido de ações que contribuam para melhoria da qualidade de vida da comunidade.“Para os discentes que moram em regiões de difícil acesso, como: Caracaraí, Caroebe, Rorainópolis, São João do Baliza e São Luis do Anauá, a parceria com Exército possibilita o encontro com atendimento de qualidade, bem como, supre demandas de prevenção e profilaxia em saúde. Assim, facilita o desenvolvimento de ações entre comunidade, escola e órgão federal”, frisou.

Essa mobilização envolve em torno de 200 militares entre os dias 13 a 23 de junho, que utilizam com base das ações o Campus Novo Paraíso, localizado na BR174 quilômetro 512.

« Agosto 2017 »
month-8
Se Te Qu Qu Se Sa Do
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3
  

Guia de Recolhimento da União