CNP promove atividades sobre Libras em comemoração aos 17 anos de sua oficialização

por Edjane Matias publicado 24/04/2019 14h45, última modificação 30/04/2019 15h04
As atividades foram realizadas nesta quarta-feira, 24

Nesta quarta-feira, 24, o Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (Napne) do Campus Novo Paraíso do Instituto Federal de Roraima (CNP-IFRR)  promoveu oficinas alusivas aos 17anos da Língua Brasileira de Sinais (Libras). As atividades  ocorreram na sala de cinema da unidade e tiveram início às 9h30, para a primeira turma, e às 10h16, para a segunda.

O conteúdo, sinais básicos do cotidiano estudantil, foi ministrado pelas estudantes Ana Beatriz e Jamilly de Jesus com supervisão da intérprete Zenaide Batista da Silva. Outra atividade realizada foi a exibição de videoaulas de Libras durante todo o dia, em um telão próximo à entrada da biblioteca.         

            De acordo com o professor responsável pelo Napne, Eliaquim Timóteo da Cunha, a oficina buscou propocionar meios para a inclusão do aluno surdo e mostrar a importância da formação bilíngue para alunos ouvintes como meio de facilitar a comunicaçao com o aluno surdo. O público- alvo foi o corpo discente que representa o CNP nos esportes e também os bolsistas de monitoria e de extensão. “Esse grupo foi selecionado para as oficinas com o objetivo de realizar a inclusão das estudantes surdas em atividades além da sala de aula. Esperamos que essa interação possa ser incentivo para que todos se sintam sensibilizados com as diferenças”, explicou o docente.

             O professor lembrou que, no País, a Língua Brasileira de Sinais só foi reconhecida oficialmente pela Lei n.º 10.436 em 24 de abril de 2002. “Somente a partir dessa data, foi possível realizar, em âmbito nacional, discussões sobre a necessidade do respeito à particularidade linguística da comunidade surda e do uso da Libras nos ambientes escolares e, consequentemente, sobre o desenvolvimento de práticas de ensino preocupadas com a educação de alunos surdos numa perspectiva bilíngue de ensino”, disse.

Conceito da Língua de Sinais – A Libras é uma forma de comunicação e expressão em que o sistema linguístico é de origem visual-motora. Ela tem uma estrutura gramatical específica com a finalidade de transmitir ideias e fatos oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil.

            O Dia Nacional da Libras representa uma conquista histórica para a comunidade surda. É nesse dia que várias instituições, associações, escolas, comunidades e líderes surdos se reúnem para discutir, relembrar suas conquistas e descrever novas metas. Todos os outros recursos de comunicação, como imagens, desenhos, símbolos, músicas e gestos, fazem parte da linguagem não verbal. Assim, o aluno surdo se utiliza de uma linguagem gesto-visual para interagir com outras pessoas.

 

Texto: Eliaquim Timóteo/Zenaide Batista (Napne)
Foto: Napne
CCS/Campus Novo Paraíso
24/4/2019       
« Maio 2019 »
month-5
Se Te Qu Qu Se Sa Do
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2
  

Guia de Recolhimento da União